Letra de música é poesia?

Uma não-resposta à pergunta pode ser conferida no show A palavra voando, em que o poeta Celso Borges retira a melodia de 20 letras da música popular brasileira e as (re)lê/(re)diz/recita com trilhas criadas pelo músico/DJ Beto Ehongue.

Amanhã, no Cine Ímpar, detalhes abaixo:

Autor: Zema Ribeiro

Homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais. Pai do José Antonio. Apresenta o Balaio Cultural (com Gisa Franco, aos sábados, das 13h às 15h, na Rádio Timbira AM) e o Radioletra (com Suzana Santos, aos sábados, às 20h45, na Rádio Universidade FM e reprise na Timbira AM, às 21h). Coautor de "Chorografia do Maranhão" (Pitomba!, 2018) e autor de "Penúltima página: Cultura no Vias de Fato" (Passagens, 2020). Antifascista.

5 comentários em “Letra de música é poesia?”

  1. Quem diz que letra não é poesia dá uma definição de poesia a partir do que chamamos poema, como se esse fosse o único texto poético realmente válido. Como se a estética musical anulasse a estética literária de uma letra. Esse é o equívoco.

  2. O poema “Morte e Vida Severina” já tem em si tudo o que precisamos para ver poesia nele, mas sua musicalização e encenação teatral não anulou sua expressão literária, antes, acrescentou a ela outros elementos estéticos. Por que então um verso cantado não pode ser a expressão literária de uma poesia acrescentada de (ou complementada pela) estética musical?

  3. letra de música é poesia? depende da letra de música. esse é o exercício do show da dupla celso borges e beto ehongue, que vale a pena conferir, sempre, carlos alê. obrigado pela visita e comentários. abração!

  4. Depende do conceito que se tem de poesia. Ninguém diz mas essa discussão é apenas valorativa. Letra de música é poesia popular como são a trova literária e as poesias regionais tais como a payada, o repente, o cururu ou um letrista pode se equiparar aos grandes nomes da poesia erudita? Essa é a discussão que ninguém quer admitir uma vez que, em muitos casos, a letra de música sequer foge ao conceito tradicional de poema e quando faz isso não deixa de ser poesia.

  5. esse é o lance, carlos: quando digo depende, refiro-me à qualidade. isto é, tem poesia que não é poesia, como tem letra de música que não é letra de música etc. abração!

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s