Um Maranhão Sarney-free

O Maranhão tem jeito? Nesse momento de saúde frágil (dele), que pensamentos dedica ao ex-presidente José Sarney?

Anseio muito por uma virada política do Maranhão. É um estado soterrado por corrupção, miséria e usura. Mas é também lindo, rico e culturalmente abençoado. Não posso desejar a morte do Sarney, porque isso contraria meus princípios, afinal fui criado em família católica, não fui ensinado a torcer pela morte de ninguém, nem mesmo do inimigo. Mas a única perspectiva de mudança que vislumbro pro Maranhão depende da morte política de seu legado tirano.

*

Zeca Baleiro a Pedro Só na Billboard Brasil nº. 30 [maio/2012, capa: Keith Richards e Mick Jagger]. Sobre seu O disco do ano, um dos temas da entrevista de que catei o trecho acima, escrevo em breve por aqui.

3 comentários sobre “Um Maranhão Sarney-free

  1. helena tassara 21 de maio de 2012 / 10:03

    olá zema! muito obrigada pelo toque. consegui comprar a revista e gostei muitíssimo da entrevista toda! zeca, muito claro e correto e crítico e doce e ácido – na medida – como sempre. e, é claro, gostei mais ainda de ler o comentário que ele faz sobre o meu documentário. grande coração, generoso, sempre me dando força pra seguir na aventura de fazer esse filme… um beijo helena

  2. zema ribeiro 21 de maio de 2012 / 14:53

    helena, fico feliz que tenhas conseguido. eu mesmo fiquei muito curioso pelo filme. quer dizer, mais, que já havia ouvido falar dele à boca miúda. conte com nossa força, sempre. beijo grande!

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s