Fernando Mendonça inaugura exposição logo mais na Galeria Hum

Carranca pontilhada em azulejos, uma das peças da exposição

FM é rádio, mas são também as iniciais de Fernando Mendonça, artista plástico maranhense radicado no Rio de Janeiro desde a década de 1980. Aos 50 de idade o artista, que nunca perdeu os laços com a terra natal, inaugura exposição em que homenageia a capital maranhense por seus controversos 400 anos.

“É uma mostra para marcar a data. É a minha parcela de contribuição com o movimento cultural da cidade. Além de tudo, completo 50 anos de vida, sendo mais de 30 dedicados à pintura”, diz o artista sobre o caráter comemorativo da exposição.

FM Upaon Açu + 400 será aberta hoje (25), na Galeria Hum (Rua Um, 167, São Francisco), às 19h. As cercas de 60 peças que compõem a exposição, entre nanquins, aquarelas e acrílicos, começaram a ser concebidas em maio passado, especialmente para esta ocasião.

Panorama plástico-poético em exposição na Galeria Hum

13 poetas somam-se a 13 artistas plásticos, ou vice-versa: a poesia atravessando as artes plásticas, ou vice-versa. Um panorama dos últimos 30 anos da produção poética e plástica do Maranhão. Para o poeta Celso Borges, “a ordem é e será a de expandir a língua, alimentar trocas, exercitar o atrito”, conforme afirma no release que recebi por e-mail. Ele, ao lado da marchand Ana Luiza Nascimento, curador da exposição TrezeAtravésTreze, cuja abertura se dá hoje, às 19h, na Galeria Hum (São Francisco), ficando em cartaz até o próximo 31 de janeiro.

Lista completa de poetas e artistas plásticos e maiores informações aqui.